USP: Coletânea de Estudos Contranormativos discute opressões e caminhos de superação para gênero e sexualidade; obra está aberta para leitura e download

Jornal da USP - 16/1/2023

 


Grupo de Estudos “DiverGente”, da USP, organizou a jornada e a coletânea de estudos contra-normativos – Imagem: Reprodução / FFLCH

Está disponível no Portal de Livros Abertos da USP a série Estudos Contranormativos. Dividida em três volumes, a coletânea apresenta como tema central as questões de gênero e sexualidade, bem como aponta caminhos de superação para a opressão vivida por quem foge à norma social dominante.  

Os textos estão distribuídos em três categorias diferentes, mas que interagem entre si: “Arte  em  risco – estéticas  divergentes”,  “Corpo-território – fronteiras divergentes”, e “Aliança-multidão – subjetividades divergentes”. Os debates entrelaçam temas da atualidade, como teorias feministas e decoloniais, políticas públicas para população transexual, literatura e teatro queer, arte e estética divergentes, tecnologias de gênero, etarismo e lesbianidade no cinema brasileiro, além da ideia de fronteiras e seu rompimento. 

As publicações são resultantes da 1ª Jornada de Estudos Contra-normativos, realizada ano passado pelo grupo de estudos DiverGente, coordenado por Tessa Moura Lacerda, docente do Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. O grupo é composto por estudantes e docentes de diversos departamentos da graduação e pós-graduação da Universidade, ligadas aos estudos de psicologia, ciências humanas e comunicação.

“Foi nesse fazer junto na sala de aula, neste fazer-se comunidade, que nasceu a comunidade ‘DiverGente’, mostrando o quanto é preciso questionar opressões, hierarquias e nossas formas sociais de dominação e marginalização”, afirma Tessa no prefácio da obra. 

Já a coletânea contou com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina (Prolam) da Universidade, além de organizadores de outras universidades públicas do Brasil, como as Universidades Federal do Mato Grosso (UFMT), Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Federal do Paraná (UFPR). 


Imagem: Reprodução / Portal de Livros Abertos da USP

Arte em risco

Neste volume, os autores aportam reflexões sobre performance, cinema, poesia, prosa, teatro, muitas vezes em  relação com a Filosofia, criando um diálogo interessante entre as várias áreas. Os textos se posicionam claramente contra um sistema de normas e padrões estabelecidos por grupos dominantes.

Temas como arte e estética divergentes, invisibilidade de personagens lésbicas do cinema e poesia de performance, como o slam.

Acesse neste link.

__________________


Imagem: Reprodução / Portal de Livros Abertos da USP

Aliança-multidão

Dividido em 10 capítulos, o livro contém questões que entrelaçam alguns debates da atualidade, com enfoque nas questões de gênero e sexualidade. O livro conta com uma variedade de abordagens sobre a questão de gênero que, na medida em que mobilizam teorias com enorme potencial transformador, podem abrir uma porta de mudança prática contra as opressões, normatizações e preconceitos.


Para acessá-lo, basta clicar neste link.

__________________


Imagem: Reprodução / Portal de Livros Abertos da USP

Corpo-território

O tema central do livro é a ideia de fronteiras e seu rompimento. Os capítulos provocam reflexões sobre colonialidade linguística, diáspora, fuga da heteronormatividade, fuga de espaços difíceis, trabalho doméstico, imagens do feminino, entre outros. A reunião de artigos compõe um mosaico de temas que questionam os lugares-comuns e o status quo, em que a compartimentação do conhecimento, um processo ocorrido na modernidade, revela-se como um fenômeno extremamente nocivo.

Leia neste link.


A coletânea de Estudos Contranormativos, bem como as demais publicações da jornada de estudos que deu origem à série de livros, se encontram disponíveis no linktree – uma página que concentra os principais links do grupo de estudos. 

Com o apoio do Departamento de Filosofia da FFLCH, a Jornada de Estudos Contra-normativos discutiu estudos sobre questões de gênero, trazendo novas perspectivas para a academia, como estudos queer, estudos feministas e suas diversas vertentes, estudos decoloniais, contra-coloniais, mulherismo africana, masculinidades, sexualidades, transsexualidades e travestilidades, raças, etnias, classe, interseccionalidade, corpo, estética, performances, propostas artísticas e outras possibilidades de estudos contra-normativos. 

Saiba mais:
@estudos.contranormativos


Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

Matérias Publicadas por Data

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Recomendamos a leitura

A universidade operacional

  • 15-05-2024 16:03:30

MST – 40 anos

  • 11-05-2024 15:40:33

Feminismo e software livre

  • 06-05-2024 18:43:14

Portugal entre 1974 e 1975

  • 30-04-2024 15:06:18

Violência contra as mulheres em dados

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Logomarca NPNM

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...