Coordenação Nacional do Afronte
 

Foi com profundo pesar e revolta que estudantes de todo o Brasil receberam a noticia do feminicídio e estupro praticados contra Janaina da Silva Bezerra, estudante de 22 anos do curso de jornalismo da UFPI, nas dependências da própria universidade. Os crimes ocorreram durante a recepção aos ingressantes (“calourada”), no último sábado, 28 de janeiro de 2023.

O Brasil é um dos países com maiores índices de feminicídio no mundo, ocupando a quinta posição de acordo com dados fornecidos pela OMS. Em 2022 esses números atingiram mais um recorde durante o primeiro semestre: foram 699 feminicídios praticados, uma média de 4 por dia.

Os números alarmantes revelam uma realidade de barbárie e brutalidade contra as mulheres, combinando elementos de uma estrutura profundamente machista, racista e LGBTIA+fóbica em nossa sociedade.

Nem mesmo dentro das Universidades as mulheres estão seguras. As instituições de ensino superior, que sofreram com duros cortes orçamentários no último período, precisam responder a este cenário de profunda insegurança e violência. As instituições precisam colocar em prática uma política que busque em primeiro lugar a proteção das vidas, e não somente dos patrimônios; precisam ampliar a proteção das comunidades universitárias com iluminação e novas tecnologias, mas sem abrir espaço para a militarização ou o cerceamento das liberdades democráticas nos campi. Para avançar neste sentido, além da responsabilidade das próprias instituições, será necessário também enfrentar a precarização das universidades e restituir o orçamento cortado nos últimos anos.

Neste sentido, além das mobilizações que têm sido convocadas pelo movimento estudantil em várias cidades do país, entendemos que a Bienal da UNE, que acontecerá nos próximos dias 02 a 05 de fevereiro no Rio de Janeiro, precisa expressar uma posição unificada, em defesa à vida das mulheres e por justiça à Janaína.

Basta de feminicídio!

Nenhuma a menos!

#JustiçaPorJanaína!

 

 

fonte: https://esquerdaonline.com.br/2023/01/31/justica-por-janaina-basta-de-feminicidio/


Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...