Ao Correio Braziliense, a procuradora disse acredita ser "inspiração" para outras mulheres e vê a escolha de Lula como "reconhecimento"

Mayara Souto
postado em 17/07/2023 23:36 / atualizado em 17/07/2023 23:49
Cristina Machado é reconduzida como Procuradora-Geral do MPTCU -  (crédito: Arquivo TCU)
Cristina Machado é reconduzida como Procuradora-Geral do MPTCU - (crédito: Arquivo TCU)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou, nesta segunda-feira (17/7), o decreto que reconduz Cristina Machado ao cargo de Procuradora-Geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (MPTCU). Em entrevista ao Correio, a procuradora comenta conquistas ao longo da trajetória que iniciou em 2017 e fala sobre ser inspiração para outras mulheres.

A procuradora-geral do MPTCU representa protagonismo feminino em meio aos sete colegas procuradores do TCU e entre os nove ministros da composição atual do MP. Ao longo dos seis anos ocupando o cargo, ela afirma que conseguiu “muitos avanços” no órgão e relaciona isso a sua “grande vontade de acertar” e ao “apoio das pessoas”.

“A minha participação serve como inspiração para outras mulheres saberem que é possível a gente alcançar um sucesso profissional mesmo sendo mãe, esposa, com todas dificuldades”, declara Cristina. A procuradora encara o momento como um “reconhecimento” e destaca o apoio do presidente do TCU, Bruno Dantas. "Tivemos um aumento significativo de mulheres em cargo de chefia na administração dele, isso serve como exemplo para outros órgãos públicos”.

Entre os destaques dos projetos da procuradora-geral, estão o desenvolvimento de uma identidade visual para o MPTCU e a criação de um canal para que o cidadão apresente demandas ao órgão. Já para o futuro, Cristina adianta que no próximo mês realizará um evento que tem “muito orgulho”. Em comemoração aos 130 anos do MPTCU, uma série de mesas e palestras estão programadas para 10 e 11 de agosto. A abertura do evento será com Carlos Ayres Britto, Ministro Emérito do Supremo Tribunal Federal (STF). O senador Randolfe Rodrigues e o ministro André Mendonça, do STF, também realizarão palestras.


Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...