O Brasil registrou 7.052 prisões em flagrante e 1.432 mandados de prisão em aberto por violência doméstica e familiar de 21 de agosto a 15 de setembro. 


Operação Shamar, do Ministério da Justiça, tem objetivo de combater a violência contra a mulher em todo o País. Foto: Reprodução

 

 

O Brasil registrou 7.052 prisões em flagrante e 1.432 mandados de prisão em aberto por violência doméstica e familiar de 21 de agosto a 15 de setembro. Os dados foram  divulgados na tarde desta segunda-feira (18) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, responsável por coordenar a Operação Shamar.

Ao todo, as forças de segurança dos Estados apreenderam em um mês 473 armas de fogo e 612 armas brancas, como facas e canivetes. No período da operação, 86.224 vítimas foram atendidas e 60.775 boletins de ocorrência foram registrados na polícia.

As principais ocorrências registradas são: descumprimento de medida protetiva de urgência, ameaça, sequestro e cárcere privado, perseguição, estupro, lesão corporal, injúria e o feminicídio.

Além das ações repressivas, as Delegacias da Mulher promoveram atos preventivos, com o objetivo de incentivar a população a se manifestar diante dos casos de violência. A iniciativa contou com a distribuição de panfletos informativos em regiões mais afastadas dos centros das capitais.

fonte: https://www.osul.com.br/brasil-registra-85-mil-prisoes-de-agressores-de-mulheres-e-apreende-mil-armas-em-um-mes/

 


Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...