O debate começa às 19h, no Auditório da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Praça Municipal – SIG Quadra 2 – Lote 5, com os convidados Marcelo Santos, do Gabinete Aba Reta; Yuri Santos, diretor de combate ao racismo do Ministério da Igualdade Racial, Lais Apolinário, estudante de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB); Pedro Borges, editor-chefe da Alma Preta; e Rebeca Borges, jornalista do portal Metrópoles.

Capa do livro “Manual de Redação: o jornalismo antirracista a partir da experiência da Alma Preta”

Foto: Alma Preta

Bárbara Cavalcante

ALMA PRETA

 
 

Lançamento será realizado durante evento com foco na cobertura jornalística direcionada à população negra e aos movimentos negros

Na próxima terça-feira (21), em Brasília, ocorre o evento ‘”Por uma imprensa antirracista: a contribuição de jornalistas negros”, um debate sobre a cobertura jornalística direcionada à população negra e aos movimentos negros. A ocasião também marca o lançamento do livro “Manual de Redação: o jornalismo antirracista a partir da experiência da Alma Preta”, na capital federal. 

O debate começa às 19h, no Auditório da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Praça Municipal – SIG Quadra 2 – Lote 5, com os convidados Marcelo Santos, do Gabinete Aba Reta; Yuri Santos, diretor de combate ao racismo do Ministério da Igualdade Racial, Lais Apolinário, estudante de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB); Pedro Borges, editor-chefe da Alma Preta; e Rebeca Borges, jornalista do portal Metrópoles. O evento é organizado pelo mandato do deputado distrital Max Maciel (Psol) — que também estará no debate —, o projeto Cartas para o Amanhã, da UnB, e a Alma Preta.

“Essa é a primeira atividade de lançamento do manual desenvolvido a partir da experiência da Alma Preta fora de São Paulo. Estamos ansiosos para debater com os colegas de imprensa do Distrito Federal, região importante para a cobertura política acerca dos rumos do país“, afirma Pedro Borges, editor-chefe da agência.

Ao longo de novembro, a Universidade de Brasília (UnB) realiza diversas atividades voltadas à conscientização da luta por garantias de igualdade racial para a população negra. O 20 de novembro celebra o Dia da Consciência Negra, data, instituída pela Lei n° 12.519/2011, em referência a Zumbi dos Palmares, figura histórica na reivindicação dos direitos da comunidade negra.

Manual de redação

Em agosto deste ano, a Alma Preta Jornalismo apresentou ao público o seu manual de redação antirracista, lançado durante um evento no Centro da cidade de São Paulo.

Resultado de um período de três anos dedicados à pesquisa e colaboração com pesquisadores, jornalistas e estudantes, o manual encapsula a visão editorial moldada pela Alma Preta ao longo de oito anos de atuação. Além de desempenhar o papel de referência interna, o texto estabelece parâmetros essenciais para orientar jornalistas e comunicadores na abordagem da temática racial no contexto brasileiro.

 
Bárbara Cavalcante

Jornalista formada pela Universidade Anhembi Morumbi, desde a adolescência é imersa em projetos sociais. Apaixonada por futebol e cultura pop, é nascida e criada na Zona Leste de São Paulo. Atua como social media e é aprendiz de redatora.

fonte: https://almapreta.com.br/sessao/agenda/alma-preta-lanca-manual-de-redacao-antirracista-em-brasilia/

 

 

Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...