Foram mais de 74 mil denúncias de janeiro a outubro; número é maior que o registrado no mesmo período em 2022

28 de novembro, 2023 O Globo Por Karolini Bandeira

 

 

Cerca de 245 mulheres recorrem ao Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 diariamente para denunciar casos de violência no país, segundo novos dados do Ministério das Mulheres. De janeiro a outubro deste ano, o canal recebeu 461.994 ligações telefônicas, sendo 74.584 denúncias de violência contra mulheres. O número é maior que o registrado no mesmo período em 2022, 73.685.

Entre os principais tipos de denúncias estão as violências psicológica (72.993), física (55.524) e patrimonial (12.744). A violência sexual aparece em quarto lugar, somando 6.669 denúncias, e é seguida por cárcere privado (2.338), violência moral (2.156) e tráfico de pessoas (41).

Do total de denúncias recebidas pelo Ligue 180 nesses 10 meses, 51.941 foram feitas pela própria mulher em situação de violência. Conforme os dados da pasta, mulheres negras são as principais vítimas e representam 31.931 dos casos.

Os dados também indicam que a maioria dos casos ocorre na residência da vítima e de familiares, e que os estados com registro de maior número de denúncias contra mulheres são São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Acesse a matéria no site de origem.

 

fonte: https://agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/cerca-de-245-mulheres-denunciam-violencia-por-dia-no-ligue-180/


Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...