Serão contempladas as propostas que visem a promoção de igualdade de decisão e poder para mulheres; pastas vão destinar R$ 6 milhões para as propostas selecionadas

 

Publicado em 01/04/2024 11h29 Atualizado em 01/04/2024 12h29 - Ministério das Mulheres

 formacao feminista1

Os ministérios das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Povos Indígenas lançam, nesta segunda-feira (1/4), o edital “Formação para Mulheres: Igualdade de Decisão e Poder para as Mulheres”. O objetivo é selecionar e apoiar projetos de formação de liderança para mulheres em seus territórios, contribuir para a superação da sub-representação nos espaços públicos e o enfrentamento à violência política contra elas. 

A chamada pública prevê o apoio a ações de enfrentamento à misoginia, ao preconceito, discriminação e racismo,  reconhecendo o impacto que a violência política gera na saúde mental das mulheres que atuam na área, e promover ações de acolhimento, cuidado e manutenção da saúde mental das mulheres no exercício político.

Poderão participar deste Edital organizações da sociedade civil (OSC) de todas as regiões do Brasil, as quais poderão apresentar um projeto que contemple uma ou duas temáticas estabelecidas na chamada, tendo obrigatoriamente que contemplar as ações do eixo norteador. São elas:  

  • I. Eixo Temático 1. Formação de mulheres para o acesso e garanta aos direitos políticos e sociais, incluindo a participação das mulheres negras e indígenas, considerando as interseccionalidades sexual, identidade de gênero, etária e com deficiência; de orientação
  • II. Eixo Temático 2. Formação visando o enfrentamento à violência política contra as mulheres, incluindo a participação das mulheres negras e indígenas, considerando as interseccionalidades de orientação sexual, identidade de gênero, etária e com deficiência
  • Eixo norteador obrigatório: Ações estratégicas de formação para igualdade de decisão e poder para as mulheres.

Juntos, os ministérios vão destinar o total de R$ 6 milhões para os projetos selecionados. Poderão ser escolhidas mais de uma proposta, observada a ordem de classificação e a disponibilidade orçamentária para a celebração dos Termos de Fomento. 

As propostas devem ser enviadas a partir do dia 01 de abril, data da publicação do Edital, por meio da plataforma eletrônica do Transferegov. A análise será feita em até 30 dias corridos da publicação do edital. O prazo de envio segue até o dia 30 de abril de 2024. 

As organizações da sociedade civil que forem selecionadas deverão executar as ações descritas no Plano de Trabalho em até 12 meses, prazo que poderá ser prorrogado. A justificativa para a prorrogação deverá ser inserida também no Transferegov.

O Ministério das Mulheres vai abrir uma sala virtual para tirar dúvidas sobre a chamada pública. O link para acesso ao bate-papo será disponibilizado para as organizações interessadas até um dia antes das datas em que ocorrerão, por meio da página do Edital no portal do Ministério das Mulheres, mediante inscrição prévia.

Mais informações para a imprensa: 

Assessoria Especial de Comunicação Social  - ASCOM/MMulheres

Telefone: (61) 2027-3676/3629

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

fonte: https://www.gov.br/mulheres/pt-br/central-de-conteudos/noticias/2024/abril/ministerios-das-mulheres-da-igualdade-racial-e-dos-povos-indigenas-lancam-edital-para-formacao-de-mulheres-em-espacos-de-poder-e-decisao

 


Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

Cfemea Perfil Parlamentar

Violência contra as mulheres em dados

Logomarca NPNM

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Estudo: Elas que Lutam

CLIQUE PARA BAIXAR

ELAS QUE LUTAM - As mulheres e a sustentação da vida na pandemia é um estudo inicial
sobre as ações de solidariedade e cuidado lideradas pelas mulheres durante esta longa pandemia.

legalizar aborto

Veja o que foi publicado no Portal do Cfemea por data

nosso voto2

...