Quase lá: Acaba de sair o novo número da Revista MÁTRIA

22ª edição da Revista Mátria, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação - CNTE homenageia Raquel Guisoni, sindicalista e militante na defesa da educação e da igualdade de gênero

CNTE

 matéria 260224

Em celebração ao mês das mulheres - comemorado em março -, a 22ª edição da Revista Mátria da CNTE chega com mais uma publicação recheada de histórias inspiradoras. São 84 páginas com reportagens e artigos especiais sobre política, direitos, desafios, trabalho e as atuais perspectivas para as mulheres brasileiras. Em homenagem à principal idealizadora desta publicação anual, a Mátria de 2024 traz na capa Raquel Guisoni. Ex-secretária de Relações de Gênero da Confederação, Raquel é dona de um grande legado na defesa da educação pública, tendo sido voz ativa na defesa da igualdade de gênero e na luta sindical. 

“A Mátria é uma revista muito aguardada para o mês de março e ela tem uma construção sempre muito cuidadosa. Nesta edição, temos algo especial que é a nossa homenagem à Raquel Guisoni. Junto a outras mulheres, ela foi responsável por consolidar uma política importante voltada para a igualdade de gênero na Confederação”, destaca a atual secretária de Relações de Gênero e coordenadora do projeto, Berenice Darc.

Além de um olhar cuidadoso sobre as questões de gênero, raça e sexualidade,  Mátria trata das perspectivas sobre a pluralidade da mulher com vistas a um projeto educacional. 

“Aborda, principalmente, essa possibilidade da gente construir políticas públicas afirmativas para as mulheres, olhando o contexto da pluralidade, da religiosidade, das diferenças culturais, de raça e de todas as mulheres brasileiras… Tem esse olhar de esperança para que a gente fortaleça o processo democrático no país, cuidando das nossas mulheres, uma vez que o Brasil é, desde muito tempo e até hoje, um dos países que mais mata mulheres”, salienta Berenice.

Nos próximos dias, todas as entidades filiadas à CNTE receberão a edição impressa da Revista Mátria. A partir da sexta-feira, 1 de março, todas as matérias estarão disponíveis para leitura no site da CNTE. Já a versão em PDF para leitura online da Revista Mátria já está disponível para download.

>CLIQUE AQUI E GARANTA SUA LEITURA. 

 

fonte: https://www.cnte.org.br/index.php/menu/comunicacao/posts/noticias/77121-22-edicao-da-revista-matria-homenageia-raquel-guisoni-sindicalista-e-militante-na-defesa-da-educacao-e-da-igualdade-de-genero

 


Matérias Publicadas por Data

Artigos do CFEMEA

Coloque seu email em nossa lista

lia zanotta4
CLIQUE E LEIA:

Lia Zanotta

A maternidade desejada é a única possibilidade de aquietar corações e mentes. A maternidade desejada depende de circunstâncias e momentos e se dá entre possibilidades e impossibilidades. Como num mundo onde se afirmam a igualdade de direitos de gênero e raça quer-se impor a maternidade obrigatória às mulheres?

ivone gebara religiosas pelos direitos

Nesses tempos de mares conturbados não há calmaria, não há possibilidade de se esconder dos conflitos, de não cair nos abismos das acusações e divisões sobretudo frente a certos problemas que a vida insiste em nos apresentar. O diálogo, a compreensão mútua, a solidariedade real, o amor ao próximo correm o risco de se tornarem palavras vazias sobretudo na boca dos que se julgam seus representantes.

Violência contra as mulheres em dados

Cfemea Perfil Parlamentar

Direitos Sexuais e Reprodutivos

logo ulf4

Logomarca NPNM

Cfemea Perfil Parlamentar

Informe sobre o monitoramento do Congresso Nacional maio-junho 2023

legalizar aborto

...